top of page

Nosso Cirurgião na Guerra do Vietnã

A nova geração talvez não o conheça bem. Sobre o tratamento da fissura labial unilateral talvez conheça mais a técnica de Fischer do que a dele. Estou me referindo ao professor Perseu Castro de Lemos. A sua técnica de queiloplastia unilateral em Z é a pioneira no mundo reconhecida até por Ralf Millard em seu livro. Por isso publiquei um trabalho recentemente na Revista Brasileira de Cirurgia Plástica em que falo desta técnica tão simples quanto eficaz. (figura 1)


Conheci do Dr. Perseu, como ele gostava de ser chamado, nos idos da década de 70, quando fazia uma palestra na Clínica Ivo Pitanguy, sobre a sua experiência da guerra do Vietnan. Fora a único cirurgião plástico a atuar naquela guerra. (1971). Logo fui cativado pela simplicidade e modéstia do palestrante. Ficamos amigos desde então.


Dr. Perseu teve uma vida dedicada à cirurgia plástica, com contribuições marcantes à especialidade e à formação de profissionais. (figura 2) Em 1994 ele escreveu o livro: “ Pelos caminhos da cirurgia plástica” que deveria ser reeditado e constar em nossa bibliografia para a prova de especialista., pois, em minha opinião, todos os cirurgiões deveriam conhecer esta obra.



Para os jovens deixo aqui as palavras do Dr. Perseu sobre a especialidade que exercemos: “A jornada é longa, difícil, espinhosa não raro, amarga às vezes, mas altamente compensadora se soubermos reconhecer os seus frutos, não no dinheiro ou na fama, mas no entendimento de que o amor que se cria é a grande paga de tudo que se faz. Aliás a única.”






322 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Post: Blog2_Post
bottom of page